Como retardar a Menopausa?

3.106

menopausa

A menopausa é um período importante na vida das mulheres, entre os 45 e os 55 anos. A menopausa indica o fim da menstruação, devido à falta de funcionamento dos ovários que perdem a sua capacidade reprodutiva. Este processo acontece quando o ovário não produz estrogénios nem óvulos. Além da contínua secura da pele, os sintomas costumam ser ausência de sangramento genital, hemorragias abundantes inesperadas, picos de calor, inchaço, secura vaginal, mudanças de humor, e insónias, cansaço físico, ganho de peso, osteoporose e diminuição da libido como sintomas mais usuais.

Felizmente, há dicas que pode usar para retardar a menopausa fazendo dietas, tomando suplementos vitamínicos e mudando o seu estilo de vida.

Exercício físico:

 

 

A prática regular de exercícios físicos é aconselhada para as mulheres que desejam retardar os efeitos da menopausa por conta de seus vários benefícios de curto e longo prazo. Fazer atividades físicas de maneira rotineira ajuda a, no mínimo, amenizar quase todos os sintomas do climatério.

A atividade física ajuda a fortalecer o sistema muscular e esquelético do corpo, evitando quadros como a osteoporose, artrites e dores musculares. A prática de exercício físico tem também um efeito positivo comprovado sobre o humor, o sono e a disposição física geral. Torna também o sistema cardiovascular mais protegido contra a hipertensão, infartos e outros quadros cardíacos. Esse é um fator importante, tendo em vista que a queda da produção das hormonas femininas deixa a mulher mais predisposta a doenças do coração na menopausa.

Banhos de sol:

Tomar banhos de sol durante 15 minutos pela a manhã é uma boa medida para evitar a osteoporose — que tem maiores probabilidades de ocorrer na menopausa. Isso acontece porque a luz solar é um importante fator para fixar a vitamina D nos ossos, o que, por consequência, os deixa mais fortes e resistentes. Portanto, não deixe de adotar essa simples medida na sua rotina.

Sexo: diversos benefícios

A prática regular de atividade sexual é uma das soluções mais impactantes para melhorar o humor e a disposição geral de uma mulher. Além disso, o sexo ajuda a manter forte a musculatura e elasticidade pélvica, o que evita sintomas como o ressecamento vaginal e as dores durante o sexo.

Dieta equilibrada:

Alguns alimentos específicos têm o potencial de adiar alguns dos sintomas mais desagradáveis da menopausa. Entre eles, temos:

  • Soja: alimentos ricos em soja, como o tofu, têm efeitos positivos contra as ondas de calor, o ressecamento da pele e a sudorese excessiva.
  • Cálcio e Vitamina D: estes dois nutrientes são essenciais para prevenir a osteoporose, porque mantêm os ossos fortes. O cálcio é encontrado nos derivados do leite e a vitamina D está presente nos vegetais de folhas escuras.
  • Ómega-3: esse ácido gordo essencial está presente em peixes como sardinha e o salmão e é um ótimo aliado para se defender de vários sintomas da menopausa, como a depressão, insónias, perda de memória e doenças cardiovasculares.
  • Use chás de ervas: Algumas ervas, como a dong quai e a cuosh-preto ajudam a retardar e aliviar os sintomas da pré-menopausa. A cuosh-preto contém fitoestrogénios naturais e isoflavonas. Os fitoestrogénios servem para ativar os receptores de estrogénio no seu corpo. A dong quai, ou chamada “ginseng feminina”, é uma erva comum que é plantada na China e contém níveis altos de estrogéneo natural. Ela também contém fitoestrogénios, que aumentam os níveis de estrogénio na corrente sanguínea.

você pode gostar também Mais do autor

forbrukslån på mobil | forbrukslån med lav rente | betalingsanmerkning forbrukslån