Estudante confessa ter infetado 324 homens com S.I.D.A por vingança de um colega…

2.384

Uma jovem revelou ter infetado um total de 324 homens com o vírus S.I.D.A. Ela é uma estudante, que frequenta a Universidade de Kabarak em Nakuru, tendo sido infetada por um colega numa festa.Esta jovem estudante de 19 anos tem como objetivo, infetar pelo menos 2000 homens por vingança.
Ela terá contactado uma página do facebook alegando que tinha algo a confessar. Depois de lhe ser assegurado o anonimato (pelo “Daily Post”, Jornal Queniano, que no entanto, publicou uma foto de seu perfil no Facebook, juntamente com o artigo) ela escreveu:
“A 22 de Setembro de 2013, dia que nunca irei esquecer, fui a uma festa para me divertir com uns amigos mais velhos, acabei por beber um pouco mais e quando dei por mim, já era de manhã e estava na cama com um amigo ″.

infetado
Então explicou que, quando acordou, na manhã seguinte, percebeu que um amigo chamado Javan teve relações com ela enquanto ela estava bêbada.
“Só perguntei se ele usou preservativo, o qual me foi confirmado que sim, mas no entanto, quando fui tomar banho, notei restos de e sperma na banheira, fiquei perdida, quis suicidar-me pois temia ficar grávida.”
A estudante não ficou grávida, mas pior que isso, ficou infetada e quando descobriu questionou o seu colega, que lhe disse que não tinha qualquer doença nem estava infetado.
“Eu estava tão deprimida que bebi tanto álcool para acabar com a minha vida, até comprei venen o, a dor era insuportável, como eu iria enfrentar o mundo, decepcionei os meus pais, desisti do mundo e só queria acabar com minha vida. O meu futuro tinha sido arruinado, de alguma forma, alguém tinha que pagar,”.

Ela acrescenta: “Aceitei o meu destino, e prometi a mim mesma fazer com que todos os homens que eu conhecesse, pagariam pelo sucedido. Sei que sou muito atraente e todos os homens, sejam casados ou solteiros, que se aproximem de mim, terão as portas abertas para o sofrimento. Enterrei a pessoa que era, e tornei-me má, o meu objectivo era infectar o maior número possível de homens”.

A jovem estudante confessou na entrevista, que já tinha infectado pelo menos 324 homens, 156 dos quais, são estudantes da Universidade de Kabarak onde estuda, o resto são homens casados, professores, advogados, celebridades e políticos com quem teve relações para os infetar.

“Não passo um dia sem ter relações com algum homem, há dias que cheguei a fazer com 4 homens. O seu dia está a chegar, um homem destruiu a minha vida, e vou fazer com que todos eles paguem por isso”

A insana vingança desta jovem pode já ter infetado indiretamente milhares de pessoas, sendo um exemplo do perigo de ter relações sem proteção.
Lembre-se de usar proteção e comparta esta história com os seus amigos para que todos estejam conscientes da importância de usar.

você pode gostar também Mais do autor

forbrukslån under 20 år | ya bank.no | billige lån uten sikkerhet