O que significam na prática os ingredientes presentes nos cremes anti-idade?

2.414

Já pensou que ao comprar um creme anti-idade está prestes a colocar na sua pele um conjunto de substâncias que não sabe o que são?

É muito comum isso ocorrer e na verdade entender os ingredientes mais comuns presentes nos cosméticos é uma forma de não ser enganada por publicidade demasiado “maravilhosa”.

Apesar de poucas pessoas repararem nisso, o facto é que a maioria dos cremes anti-idade, na realidade não diz que elimina as rugas mas sim que “minimiza o aparecimento de rugas” ou “reduz visivelmente as linhas finas” e esse facto não se deve propriamente aos ingredientes “especiais” que um creme contém mas sim, principalmente aos níveis de hidratação que fazem com que uma ruga melhore visivelmente num curto espaço de tempo.

ingredientes presentes nos cremes anti-idade

A revista americana Good Housekeeping explica: a pele pode ser comparada a uma esponja, enrugada e áspera quando está seca, mas que por outro lado fica suave e macia quando lhe adicionamos água.

Aplicar na nossa pele hidratantes é a forma mais rápida de a melhorar. Mas muita gente se pergunta, então onde é que os ingredientes anti-idade como retinol ou péptidos entram? A verdade é que eles trabalham a longo prazo, exatamente para minimizar os problemas associados ao envelhecimento cutâneo.

Os principais ingredientes dos cremes anti-idade

Conhecer minimamente o que cada ingrediente de nome complicado, presente nos cremes anti-idade ou anti-rugas, faz é a mais eficaz de comprar cremes e/ou linhas de tratamento que nos aportem os resultados que realmente precisamos para a nossa pele.

Retinol

O retinol é um dos ingredientes mais utilizados nos cosméticos anti-idade, sendo esta uma molécula derivada da vitamina A que, de forma simplificada, é uma substância comprovada cientificamente como uma das mais poderosas armas contra o envelhecimento da pele.

Porque atua na genética das células, o retinol potencia a sua renovação, aumenta a produção de colagénio e, em resultado, aporta uma pele mais firme, suaviza as rugas, as marcas ou manchas da pele e os problemas associados ao envelhecimento cutâneo. Convém usar em creme ou sérum mas sempre à noite porque é um ingrediente sensível à luz solar.

AHA e BHA

Os Alpha Hydroxy Acid (ou alfa-hidroxiácido) são na realidade ácidos que derivam de frutos que possuem especiais propriedades rejuvenescedoras. O mais utilizado na cosmética é o ácido glicólico que aporta um forte poder de regeneração da pele. São ingredientes bons para peles normais a secas com danos solares ou cicatrizes visto que ajudam a hidratar e melhoram a produção de colagénio.

Por outro lado, o Beta Hydroxy Acid (ou beta-hidroxiácido) é o ácido salicílico, que na realidade é um composto químico idêntico ao que utilizam nas aspirinas e que, na pele, tem a especial propriedade de combater a oleosidade, o acne e as vermelhidões porque tem uma ação exfoliante, purificante e de desobstrução dos poros.

Vitamina C

Vitamina C é uma substância rica em ativos rejuvenescedores, está comprovada a sua função no aumento da produção de colagénio, aka redução de rugas. Trata-se de uma vitamina importante, tendo também uma ação na uniformização do tom de pele — porque clareia alguns tipos de manchas –, no fortalecimento da barreira da pele e nas inflamações. A vitamina C tem também a propriedade de ajudar a pele a suportar melhor a exposição ao sol, ou seja, é um ingrediente excelente para começar a usar agora, antes do verão.

Vitamina E

De uma forma simples e prática podemos dizer que é uma vitamina comum a grande parte dos cosméticos, ela está presente em champôs, cremes, exfoliantes, entre muitos outros tipos de cosméticos porque se trata de uma substância que faz bem a qualquer tecido.

Na pele do rosto a vitamina E atua, de forma muito especial: ao agir como lubrificante, ajuda muito a proteger as células da pele dos danos oxidativos e, como estimula o colagénio, também atua na firmeza e na elasticidade da nossa pele. É, assim, um ingrediente interessante para quem tem pele madura e seca.

Resveratrol

É considerado pelos especialistas na atualidade como o mais poderoso dos antioxidantes e, embora já seja conhecido há alguns anos, só nos últimos tempos a indústria da cosmética lhe tem dado a devida atenção. Esta substãncia está presente em plantas, em particular, na vinha. O seu poder está relacionado com a sua capacidade de ativar as sirtuínas que basicamente abrandam o processo de envelhecimento em geral.

Hidroquinona

É também conhecida por quinol, trata-se de uma substância muito popular para clarear manchas na pele ao bloquear a enzima que desencadeia a produção de melanina. As doses recomendadas rondam os 4% para efeitos rápidos e, por ser um despigmentante, deve ser usado à noite e complementado com protetor solar durante o dia.

Ceramidas

É como se fossem a cola que mantém as células da pele unidas e, à superfície, criam uma textura saudável e jovem. Geralmente os cosméticos que contém ceramidas dão bons resultados na proteção da pele, ajudando-a a parecer mais jovem. Aportam geralmente também resultados positivos em peles sensíveis ou com danos causados pelo sol.

Ácido hialurónico

É, provavelmente, o mais conhecido quando se fala em rugas e imediatamente associado a injeções de preenchimentos. Mas é também um ingrediente poderosos na cosmética anti-idade porque atua como fator hidratante da pele, ao ajudar a reter água. O resultado é uma pele mais jovem, preenchida e firme.

Ácido ursólico

Trata-se de um “ácido” de excelência quando se destina a peles sensíveis porque possui a capacidade de ajudar a reconstruir as camadas exteriores da pele danificada e sensibilizada ao criar uma espécie de barreira oleosa que a protege contra as agressões externas. Falamos, por isso, de um ingrediente poderoso em cosméticos anti-idade ao criar uma camada protetora na nossa pele.

Péptidos

São normalmente associados a cosméticos para peles maduras mas, na verdade, ao formarem uma barreira de hidratação na pele, são, cada vez mais, um ingrediente presente nos cremes para peles mais jovens para retardarem o processo de envelhecimento. E a explicação é simples: os péptidos são cadeias de aminoácidos que aumentam as proteínas da pele, como o colagénio.

Agora que já conhece melhor os ingredientes presentes nos cremes anti-idade ou anti-rugas, poderá fazer melhor escolha!

você pode gostar também Mais do autor

søke forbrukslån | billigt forbrukslån | lån på dagen